quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

SIMONE DE QUEIROZ GERMANO - RODOLFO FERNANDES

Dona Simone, mossoroense, nasci­da em 12 de Junho de 1939, filha de José Fernandes de Negreiros (16/07/1905 - 14/06/ 1963), filho de Porfírio Antunes de Negreiros e de Maria de Negreiros (03/10/1910 - 07/07/2000), filha de Martiniano José de Melo e de Tereza Maria de Queiroz. Formado em letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e membro da tradicional família Fernandes, com raízes nos estados de Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará e de Maria de Queiroz Negreiros, tia legítima de Chiquinho, e também pertencente à tradicional família QUEIROZ, com ramificações também nos três estados.

A professora Simone Negreiros, companheira de todas as horas de Chiquinho Germano, com quem vive diuturnamente há quase quatro décadas, de 1966 a 2008. Além de dedicar-se às atividades do lar e dar total apoio, na qualidade de Primeira Dama municipal de Rodolfo Fernandes, também cuida com amor e carinho das atividades políticas do esposo, contribuindo diretamente em todas as vitórias de Chiquinho Germano.

Iniciou seus estudos no Colégio Sagrado Coração de Maria2, dirigido pelas Irmãs Franciscanas, quando concluiu o ginásio.

Transferiu-se para Natal para estudar no Colégio de Nossa Senhora das Neves3, porém concluiu o segundo grau, atual ensino médio, na cidade de Mossoró.

Após a conclusão do Curso de Magistério, foi nomeada diretora do Jardim de Infância Modelo4, localizada na Praça Estevam Dantas, em Mossoró.

Dona Simone conseguiu uma bolsa de estudos para aperfeiçoamento em Didática do Pré-Primário, o que lhe proporcionou um estágio de seis meses no Rio de Janeiro.

Voltando a Mossoró continuou na direção do Jardim de Infância por alguns anos.

Também foi professora na Escola Estadual “Maria Stella Pinheiro Costa”, localizada na Rua Walter Wanderley, s/n°, no Conjunto Liberdade I, Mossoró, criada em 02 de agosto de 1983.

Dona Simone é prima legítima de Chiquinho Germano, sendo filha de Maria de Queiroz Negreiros (03/10/1910 - 87/07/2000), esta, irmã de Jacinta Queiroz da Silve1ra (16/08/1894 -11/11/1977), mãe de Chiquinho.

Simone Negreiros é devota de Deus e do santo querido São Francisco. Essa mulher de fibra e honesta ama a Deus sobre todas as coisas, como também ama a seu próximo como ama a si mesma. Sua devoção pelo nosso Pai todo poderoso e o patrono dos animais e da ecologia vem desde criança, antes mesmo de ser crismada, isso no ano de 1942, na Catedral de Santa Luzia na cidade de Mossoró, cujo recebimento do sacramento da crisma foi celebrado pelo Padre Huberto Brüenning (30/03/1914 - 29/08/1995), então vigário da Paróquia de Santa Luzia (31/12/1947 – 05/01/1950). Para provar seu fanatismo por são Francisco de Assis ela mesma escolheu seu dia de ser crismada. Foi exatamente no dia 04 de outubro, dia dedicado ao seu santo querido e protetor.

Dona Simone Negreiros casou-se em 04 de outubro de 1966, com o auditor fiscal, político e pecuarista Francisco Germano Filho – Chiquinho Germano, à época prefeito do município de Rodolfo Fernandes - RN, eleito em 1º de Dezembro de 1963. Desse consórcio houve dois filhos: José Fernandes de Negreiros Neto e Cristiano de Queiroz Negreiros Germano.

Ana Maria, Chiquinho Germano/Simone e filho Negreiros, e Elizabete - Sentados, Amélia, Valéria e o desembargador José Vieira – 1967

FONTE - AZOUGUE


sábado, 1 de janeiro de 2011

MARIA CIRAMAR DIÓGENES HOLANDA


Maria Ciramar Diógenes Holanda, natural de Iracema-CE, nascida a 22 de junho de 1959, filha de Ademar Diógenes Dantas e de Severina Medeiros Dias. Casada com Ranulfo Holanda Cavalcante. Ciramar além de ter sido chefe de de gabinete, também exerceu a Coordenadora das Creches.Secretária municipal de Severiano Melo, na administração de seu esposo RANULFO HOLANDA